Atenção


homem-com-barba

Quanto mais barbudo, mais paquerado e maduro

Está na moda e se apresenta em diferentes formas e espessuras. Assim como a nail art (tendência de decorar as unhas com diferentes desenhos), quanto mais divertida, mais chama a atenção, e as barbearias já aproveitam a nova onda na Espanha, como fizeram os salões de manicure. Segundo David Lesur, proprietário de um salão de beleza, “como muitos movimentos que se tornam moda, tudo está relacionado com as flutuações econômicas, e dizem que o homem, tendo mais tempo, também se cuida mais e busca formas de se tornar mais atraente. É uma moda que nasceu na rua e passou a ser tendência graças à sua divulgação em revistas, para chegar aos famosos e voltar às ruas com mais força e imagem revalorizada, além da série de estilos diferentes”. A barba expressa personalidade e criatividade.

É possível saber o grau de modernidade pela espessura da barba. Quanto mais densa, mais hipster, hippie chic ou übersexual (másculo e forte) é o dono. Os bigodes também retornaram à sua época dourada, com estampas em roupas e objetos. Novembro já se transformou em #Movember (termo resultante da fusão de ‘Moustache’ —bigode— e ‘November’), um mês consagrado ao bigode como símbolo da masculinidade e conscientização sobre o câncer de próstata.

As chaves para que a barba tenha ficado são psicológicas. Os homens com barba são considerados mais masculinos e saudáveis do que os totalmente barbeados. Isso é o que diz a ciência. E a coisa não acaba aí.

– Mais paqueras. “As barbas de 10 dias fazem com que os homens se tornem muito mais atraentes para as mulheres”, afirmam os cientistas Barnaby Dixon e Robert Brooks, depois de uma experiência feita pela Universidade de Gales do Sul publicada na revista Evolution & Human Behavior. Outro estudo realizado por psicólogos da Universidade Northumbria publicado na revista Personality and IndividualDifferences, concluiu: “As pessoas barbeadas têm menos atributos de masculinidade e são mais dóceis”.

– Transmite status, respeito e poder. Está é uma das principais conclusões do estudo realizado pelos psicólogos Dixson e Vasey, que fotografaram os participantes, com barba e barbeados, mostrando expressões de felicidade e raiva. Depois, mostraram as imagens para um grupo de homens de diferentes países, que avaliaram como mais fortes os que usavam barba.

– Demonstra maturidade. “A barba faz com que os demais achem que a pessoa seja mais velha, independentemente da idade. Na prática, em média os barbudos aparentam ter dois anos a mais”, diz Ángel Barbero, diretor de desenvolvimento de negócio da Tecnilógica, que se uniu à iniciativa Movember com um concurso de fotografia de barbas.

– Era sinal de boa saúde. Os biólogos evolucionistas William Hamilton e Marlene Zuk concluíram em um estudo publicado na prestigiada revista Science que usar barba era uma maneira de demonstrar boa saúde. Isso porque, historicamente, o pelo facial era terreno fértil para os parasitas e, por isso, levava ao surgimento de diversas infecções. Desafiar esses perigos usando barba, segundo os biólogos, era uma forma de demonstrar a fortaleza do sistema imunológico.

– Um truquezinho(mais frívolo): Disfarça as imperfeições da pele, as marcas de acne ou a falta de ângulo nas mandíbulas.

Estes são os diferentes tipos de barba para cada estilo e rosto:

‘Ducktail’
Nasce nas costeletas e termina pontiaguda, como a cauda de um pato.

‘Garibaldi’
Barba completa e ampla, com bigode espesso e base arredondada.

‘Full Beard’
Barba completa que se une com o bigode e o queixo.

Barba espanhola
O bigode fica alinhado com o queixo.

‘Raw beard’
Barba completa e longa, inspirada no estilo hipster e boêmio.

fonte: http://www.msn.com/pt-br/estilo-de-vida/relacionamentos/quanto-mais-barbudo-mais-paquerado-e-maduro

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

error: Content is protected !!